Bovinos

  • Holandesa

    Geralmente de grande porte e com ampla caixa óssea, a raça bovina Holandesa ou Holstein Friesian, é uma das mais antigas e maiores produtoras de leite do mundo. Cosmopolita, é encontrada nas mais diversas regiões do globo, dos desertos no oriente médio até as regiões próximas ao ártico no Canadá, provando sua resistência e versatilidade.

    Sua capacidade leiteira é excelente, com longos períodos de lactação (a persistência de lactação é uma característica da raça), tendo sua capacidade produtiva melhorada através dos anos, resultado de aperfeiçoamento genético. De origem europeia, presume-se que tenha sido introduzida em território nacional por volta de 1530 e possui, dentre outras, a variedade Preta e Branca, e Vermelha e Branca.

  • Holandesa

    Geralmente de grande porte e com ampla caixa óssea, a raça bovina Holandesa ou Holstein Friesian, é uma das mais antigas e maiores produtoras de leite do mundo. Cosmopolita, é encontrada nas mais diversas regiões do globo, dos desertos no oriente médio até as regiões próximas ao ártico no Canadá, provando sua resistência e versatilidade.

    Sua capacidade leiteira é excelente, com longos períodos de lactação (a persistência de lactação é uma característica da raça), tendo sua capacidade produtiva melhorada através dos anos, resultado de aperfeiçoamento genético. De origem europeia, presume-se que tenha sido introduzida em território nacional por volta de 1530 e possui, dentre outras, a variedade Preta e Branca, e Vermelha e Branca.

  • Holandesa

    Geralmente de grande porte e com ampla caixa óssea, a raça bovina Holandesa ou Holstein Friesian, é uma das mais antigas e maiores produtoras de leite do mundo. Cosmopolita, é encontrada nas mais diversas regiões do globo, dos desertos no oriente médio até as regiões próximas ao ártico no Canadá, provando sua resistência e versatilidade.

    Sua capacidade leiteira é excelente, com longos períodos de lactação (a persistência de lactação é uma característica da raça), tendo sua capacidade produtiva melhorada através dos anos, resultado de aperfeiçoamento genético. De origem europeia, presume-se que tenha sido introduzida em território nacional por volta de 1530 e possui, dentre outras, a variedade Preta e Branca, e Vermelha e Branca.

  • Holandesa

    Geralmente de grande porte e com ampla caixa óssea, a raça bovina Holandesa ou Holstein Friesian, é uma das mais antigas e maiores produtoras de leite do mundo. Cosmopolita, é encontrada nas mais diversas regiões do globo, dos desertos no oriente médio até as regiões próximas ao ártico no Canadá, provando sua resistência e versatilidade.

    Sua capacidade leiteira é excelente, com longos períodos de lactação (a persistência de lactação é uma característica da raça), tendo sua capacidade produtiva melhorada através dos anos, resultado de aperfeiçoamento genético. De origem europeia, presume-se que tenha sido introduzida em território nacional por volta de 1530 e possui, dentre outras, a variedade Preta e Branca, e Vermelha e Branca.

  • Holandesa

    Geralmente de grande porte e com ampla caixa óssea, a raça bovina Holandesa ou Holstein Friesian, é uma das mais antigas e maiores produtoras de leite do mundo. Cosmopolita, é encontrada nas mais diversas regiões do globo, dos desertos no oriente médio até as regiões próximas ao ártico no Canadá, provando sua resistência e versatilidade.

    Sua capacidade leiteira é excelente, com longos períodos de lactação (a persistência de lactação é uma característica da raça), tendo sua capacidade produtiva melhorada através dos anos, resultado de aperfeiçoamento genético. De origem europeia, presume-se que tenha sido introduzida em território nacional por volta de 1530 e possui, dentre outras, a variedade Preta e Branca, e Vermelha e Branca.


  • Jersey

    Originária de uma pequena ilha no Canal da Mancha, a raça bovina Jersey é criada desde 1763. Sua principal característica é o leite produzido: de acordo com especialistas, o melhor e mais completo leite produzido dentre todas as raças bovinas leiteiras. Contém quantidade superior de sólidos totais (proteína, lactose, vitaminas e minerais) e elevado teor de gordura, quando comparado com os outros.

    O gado Jersey é conhecido por sua rusticidade e facilidade de adaptação, com grande desempenho leiteiro inclusive em locais com temperaturas mais elevadas, como a região central do Brasil.

  • Jersey

    Originária de uma pequena ilha no Canal da Mancha, a raça bovina Jersey é criada desde 1763. Sua principal característica é o leite produzido: de acordo com especialistas, o melhor e mais completo leite produzido dentre todas as raças bovinas leiteiras. Contém quantidade superior de sólidos totais (proteína, lactose, vitaminas e minerais) e elevado teor de gordura, quando comparado com os outros.

    O gado Jersey é conhecido por sua rusticidade e facilidade de adaptação, com grande desempenho leiteiro inclusive em locais com temperaturas mais elevadas, como a região central do Brasil.

  • Jersey

    Originária de uma pequena ilha no Canal da Mancha, a raça bovina Jersey é criada desde 1763. Sua principal característica é o leite produzido: de acordo com especialistas, o melhor e mais completo leite produzido dentre todas as raças bovinas leiteiras. Contém quantidade superior de sólidos totais (proteína, lactose, vitaminas e minerais) e elevado teor de gordura, quando comparado com os outros.

    O gado Jersey é conhecido por sua rusticidade e facilidade de adaptação, com grande desempenho leiteiro inclusive em locais com temperaturas mais elevadas, como a região central do Brasil.

  • Jersey

    Originária de uma pequena ilha no Canal da Mancha, a raça bovina Jersey é criada desde 1763. Sua principal característica é o leite produzido: de acordo com especialistas, o melhor e mais completo leite produzido dentre todas as raças bovinas leiteiras. Contém quantidade superior de sólidos totais (proteína, lactose, vitaminas e minerais) e elevado teor de gordura, quando comparado com os outros.

    O gado Jersey é conhecido por sua rusticidade e facilidade de adaptação, com grande desempenho leiteiro inclusive em locais com temperaturas mais elevadas, como a região central do Brasil.

  • Jersey

    Originária de uma pequena ilha no Canal da Mancha, a raça bovina Jersey é criada desde 1763. Sua principal característica é o leite produzido: de acordo com especialistas, o melhor e mais completo leite produzido dentre todas as raças bovinas leiteiras. Contém quantidade superior de sólidos totais (proteína, lactose, vitaminas e minerais) e elevado teor de gordura, quando comparado com os outros.

    O gado Jersey é conhecido por sua rusticidade e facilidade de adaptação, com grande desempenho leiteiro inclusive em locais com temperaturas mais elevadas, como a região central do Brasil.

Entre em contato

*Campos obrigatórios